sábado, 10 de abril de 2010

o artista... é um bom artista!


Não tenho certamente palavras interessantes para descrever um dos nossos melhores artistas da actualidade! Mas vou tentar.

Depois de 12 anos cá o temos num concerto (num concerto não, num espetáculo super completo que não fica atrás de muitas produções além fronteiras), no Coliseu dos Recreios, sala bem pequena, acolhedora e íntima onde só temos mesmo bons concertos. É a segunda vez que David Fonseca vai àquela sala, mas para mim foi a primeira! e agora já aprendi... nunca mais perco um concerto dele!

Aquilo que me ocorria durante o espetáculo era que o via com orgulho! Orgulho de amigo, orgulho de irmão que acompanho há 12 anos. Sinto que cresci nesta "selva da idade adulta" com ele, por isso o sinto tão próximo. Eu e outros tantos que o vemos e acompanhamos desde 1998 com os Silence4. Muito bom! Senti que daqui a 20 anos vou continuar a acompanhar a sua vida musical e a senti-lo como um velho amigo.

Já há tantos anos que digo (e não sou só eu) que "lá fora" deviam prestar atenção pelo menos nas covers que ele tem das músicas de anos 80! Ele é brinhante! E deveria ter ainda mais reconhecimento. Muitas foram as covers que ele tocou ou quase tocou ontem à noite, ía-nos enganando bem, parecia que ia tocar uma cover e às tantas já estava numa música dele :D excelentes passagens! ;) Uma que nos enganou ao contrário foi quando começou os acordes do "Borrow" e a seguir, ok, meteu-se numa cover que já nem sei qual era! :D além de toda aquela pose de êxtase que ele tem durante o concerto, muito riso, ele é demais!

E tivémos também uma componente stand up! ah pois foi! :D "E agora vou-vos contar uma história..." muito bom! Depois ele conta as histórias com o seu estado meio grog, a arrastar o que está a dizer... :) uma delas terminava com ele a olhar para cima e a dizer que estava lá um menino a olhar para ele, que juntou os lábios e disse:



Um dos momentos de vibrar é sempre a dos 80's com muitos confetis a ajudar à festa!
i should meet you in the 80's, when i was young and free

Uma amostra (pq houve mais) do cruzamento desta música, "The80's", com "Girls Just Wanna Have Fun":


Um momento que para mim foi bem profundo, foi o "Angel Song" de quando ele estava nos Silence 4. Sengundo ele, compôs esta música há 12 anos (claro) em casa da avó, no quarto dela, e como tal tinha atrás dele dois painéis com imagens desse quarto :




"A Cry for Love" é linda! :)



Acompanhado pela Rita Redshoes, nesta música que também é linda! "Hold Still":



E pronto, termino com um vídeo que encontrei na net (vá lá!) gravado ontem à noite no coliseu, na parte em que não sabíamos onde estava o David Fonseca, as luzes que estão por cima do público na plateia descem bastante, tocam sirenes e começa a minha música preferida dos Beastie Boys, "Sabotage"! Eis que ele surge no camarote presidencial à la campeão de boxe! Tira as luvas, pega num disco vinil e diz "Lisboa.... i'm your DJ!!!" e eis que começa uma autêntica rave com a música "This Raging Light"! Bem.... palavras para quê... vejam!


Já disse que ele por 2x veio para o meio das bancadas laterais? :D

E que o coliseu estava cheio de bolas de disco?! E que tinha uma cabine telefónica estilo Londres no palco? :)

neste outro vídeo, vê-se muito bem! ;)




Não resisto e tenho mesmo de deixar aqui alguns links de vídeos de um tal de "Daniel A. C. Azevedo" do youtube. Estão muito bons! ;)

David Fonseca - Time After Time & Someone That Cannot Love - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - U Know Who I Am - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - Stop 4 A Minute - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - Silent Void - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - Angel Song - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - Kiss Me, Oh Kiss Me - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - Walk Away When You're Winning - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - Everybody's Gotta Learn Sometime - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - A Cry 4 Love - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - Morning Tide (I Just Can't Remember) - Coliseu de Lisboa

David Fonseca - Owner Of Her Heart - Coliseu de Lisboa

4 comentários:

Rute disse...

Também gosto muito dele, desde os Silence 4, como explicas mas acho que está mais que na hora de começar a cantar na nossa língua...

oitooitenta disse...

ele cantou uma do António Variações :) de quando esteve nos "Humanos", mas ok, é só uma música :D

Marta disse...

Bem, isto é a reportagem mais completa que li até hoje ;)

JotaPê disse...

Antes de mais, excelente artigo! Muito bom recordar esse excelente concerto. A música que ele 'engana' com os acordes do Borrow e com a indicação do ano de 1998 (explosão de Silence4 durante a Expo98) é o 'The Roof is on Fire' dos Bloodhound Gang.